Jornal Nacional destaca queda nos aluguéis, caim quase 8% nos últimos 12 meses no Brasil.

alugar imóveis

O clima do momento é favorável para quem precisa alugar um imóvel. Em nove cidades, o valor médio do aluguel tem caído, nos últimos 12 meses.

É difícil não reparar. Elas estão para todo lado. As plaquinhas de ‘aluga-se’ disputam espaço em Salvador, em Porto Alegre e em São Paulo. Para o Fernando, candidato a inquilino, está bom. Mas para o Sérgio, proprietário, não está nada bom. E para o outro Sérgio, que é corretor, está dando o maior trabalho.

“Eu tenho tido reuniões, chamando o proprietário aqui no escritório, falando que é preferível ele ter uma rentabilidade menor, mas pelo menos você tem a garantia de ter um cliente pagando isso e esse dinheiro que ele está te pagando vai fazer falta”, diz o corretor de imóveis Sérgio Luiz Malagrana.

É que a crise chegou no bolso e muita gente anda assustada com o que já está e com o que ainda pode vir. No caso do preço dos aluguéis, faz tempo que o freio de mão vem sendo puxado. Um levantamento feito em nove cidades brasileiras mostra que nos últimos 12 meses, o tombo no valor médio do aluguel foi de 7,6%. Detalhe: já descontada a inflação.

“Quando o país está indo bem, o mercado imobiliário vai melhor ainda. Quando o país está indo mal, o mercado imobiliário vai pior ainda”, explica a economista da Fipe Raone Costa.

Mal para um, bom para outro. O Fernando tratou de aproveitar o embalo. Com a ajuda do Sérgio corretor, conseguiu uma bela redução no valor do aluguel.

“Com o desconto que eu obtive nesse apartamento, ficou bem mais acessível para mim a questão do valor, gostei bastante”, conta o aeroviário Fernando Paulista da Silva.

Olha, o apartamento fica em uma região muito boa de São Paulo, próximo à Avenida Paulista, não muito longe do centro da cidade, com transporte fácil. E isso para São Paulo é muito importante. Ele é pequeno, tem uma sala, dois quartos, um banheiro no meio. E se a economia não estivesse em crise, um apartamento como esse seria alugado facilmente por R$ 1.700. Bem que o dono tentou. Depois da cozinha e ainda tem uma área de serviço com quarto de empregada. O dono começou pedindo R$ 1700. Baixou para R$ 1500 e acabou se rendendo aos tempos de vacas magras. Fechou o aluguel por R$ 1.100.

Mas e o Sérgio proprietário? Bom, ele é investidor, e só em um prédio que fica em outro bairro, ele tem 48 apartamentos vazios há um ano. O de um quarto ele baixou a pedida de R$ 2.800 para R$ 1.800 por mês.

“No passado, só o proprietário mandava. A ponto de se o inquilino não queria, tinha um outro que já estava aguardando para fazer com ele. Hoje agora a gente discute praticamente tudo para poder exatamente manter e pegar o inquilino”, afirma o empresário Sérgio Melhem Protta.

 

Fonte: Portal G1 – Jornal Nacional – Notícia – 18/06/2015

 

_____________________________________________

Em tempos de crise é preciso se destacar, divulgar mais para gerar mais negócios.

Aproveite e divulgue no www.portalimoveiscuritiba.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *